Povoação neolítica

Povoação neolítica

Em resultado dos avanços revolucionários do Neolítico, as comunidades humanas estabeleceram as primeiras povoações permanentes.

História

Palavras-chave

Neolítico, povoação, aldeia, local de residência, habitação, comunidade, escavação, santuário, agricultura, pintura mural, tijolo de adobe, Pré-história, estilo de vida, neolítico, pecuária, arqueologia, defesa, segurança

Itens relacionados

Cenas

Povoação neolítica

O Período da Pedra Polida (Neolítico) foi o último período da Idade da Pedra, seguindo-se ao Mesolítico. A divisão entre estes períodos é mais cultural do que temporal. Portanto, o termo Neolítico não só representa uma era histórica, mas também estilos sociais, econômicos e culturais específicos. Esta era fica principalmente marcada pelo aparecimento da agricultura, do cultivo, de especialização de tarefas e a emergência de povoamentos de grandes dimensões. A Cultura Neolítica apareceu por volta de 10.000 a.C. no Oriente Próximo, difundindo-se a partir daqui, com as suas novas ideias e invenções, com as migrações das populações.
As comunidades típicas do Neolítico foram estabelecidas no sudeste da Anatólia (Turquia), Síria e Iraque. O Período da Pedra Polida terminou quando as ferramentas em metal se tornaram comuns. (Idade do Cobre, Idade do Bronze, Idade do Ferro).

Em paralelo com o aparecimento da agricultura e produção animal, as comunidades de povoamentos humanos criaram construções mais duradouras e confortáveis. Os edifícios, primeiramente construídos em pau a pique, e mais tarde com recurso a tijolos de lama, tornaram-se maiores e mais seguros.
O estilo de vida agrário permitiu que grupos maiores vivessem juntos. Estabeleceram-se aldeias proporcionando maior segurança. Alguns dos povoamentos do Neolítico (devido ao seu tamanho e organização) podem ser considerados pequenas cidades. O povoamento de Çatal Höyük, localizado na presente Turquia, que por volta do 7.º ou 6.º milênio a.C. já prosperava, teria cerca de 5.000 habitantes e 12 hectares, enquanto Jericó (localizada no que é hoje a Faixa de Gaza) possuiria cerca de 2.000 habitantes e muralhas de pedra, são dois dos melhores exemplos.

Planta de Çatal Höyük

Vida quotidiana

A vida na Idade do Neolítico

As escavações arqueológicas e a organização típica dos povoamentos não sugerem a existência de uma estrutura social forte nos povoamentos do Neolítico. As casas seriam provavelmente independentes em termos econômicos, enquanto a agricultura era praticada dentro dos limites da família alargada (três gerações a viver juntas). Os líderes dos povoamentos eram escolhidos entre os membros masculinos das famílias mais sábios e mais respeitados. Os xamãs eram especialmente respeitados, devido aos seus poderes de curar.
O novo estilo de vida requeria a invenção de novas ferramentas. A Idade do Neolítico é também designada por "Idade da Pedra Polida". As ferramentas neolíticas duravam mais tempo e eram mais fortes. Nas casas eram também usados utensílios feitos de ossos, fibras e vime. As primeiras artes que apareceram foram a olaria e a tecelagem. As sobras das colheitas eram guardadas em potes de barro ou pedra escavada, e apareceu uma forma primitiva de comércio, a troca direta.

Estrutura

  • povoação
  • agricultura
  • casas construídas umas junto às outras

Os edifícios Neolíticos

Os edifícios eram construídos em aglomerados apertados, muitas vezes partilhando paredes comuns. Muitos dos edifícios tinham vários andares. As divisões eram acessíveis através de aberturas nos tetos, cobertos com "portas" de madeira. Para chegar ao teto eram usados escadotes. Existiam pequenas janelas abertas nas paredes, em posição elevada. As pequenas divisões, proporcionando habitação para uma família, tinham chãos afundados, com a lareira no centro.

Escavação em Çatal Hüyük

Reconstrução de uma divisão neolítica

Animação

Pátio

  • telhado plano
  • caneta
  • abertura de janela
  • parede
  • entrada

Vista de corte da casa

  • armazém
  • pele de animal
  • viga
  • fornalha
  • lareira
  • cama
  • tijolo de adobe
  • lenha
  • mural
  • entrada

Altar

  • fornalha
  • peles de animal
  • potes
  • viga
  • cabeças de touro
  • mural
  • camada de argila
  • tijolo de adobe

Narração

A Idade da Pedra Polida (também chamada de Período Neolítico) não representa apenas um período histórico, mas também um estilo social, econômico e cultural com características específicas.
Os seus traços principais foram o aparecimento da agricultura, pecuária, artesanato, bem como a emergência de grandes povoações.
A cultura neolítica surgiu por volta de 10.000 a.C. na Ásia Menor. As comunidades neolíticas estabeleceram-se no sudeste da Anatólia, Síria e Iraque.
Os povos que aí permaneceram construíram habitações resistentes e confortáveis. Foram igualmente estabelecidas aldeias, as quais forneciam maior segurança.

As residências eram construídas em aglomerações concentradas, muitas vezes até com paredes comuns e uma superfície a rondar os 20-30 m².
As povoações eram compostas por dezenas de residências e as cidades principais contavam com várias centenas. Inicialmente construídos em taipa e mais tarde em tijolos de adobe, os edifícios apresentavam vários pisos.
As casas não tinham entradas no térreo, apenas algumas pequenas janelas num plano superior. O acesso às divisões se dava através de alçapões de madeira no telhado, aos quais se chegava por meio de escadotes. Os achados arqueológicos e a habitual estrutura das povoações não sugerem a existência de uma forte hierarquia social nas povoações neolíticas.

A agricultura era praticada no seio das grandes famílias. O novo estilo de vida requeria novas ferramentas, de forma que o Período Neolítico é também designado de Idade da Pedra Polida. O primeiro artesanato a surgir foi a cerâmica e a tecelagem. As colheitas eram armazenadas em potes feitos de barro ou pedra esculpida, sendo que em casa eram também utilizados objetos feitos de osso, fibras e vime.

O aparecimento das povoações neolíticas constituiu o ponto de partida para o desenvolvimento urbano, algo que é ainda hoje admirado por quem visita estas escavações arqueológicas.

Itens relacionados

A expansão do Homo sapiens na Terra

O 'homem sábio' originário de África expandiu-se pela maior parte dos continentes.

Arca de Noé

Segundo a Bíblia, Deus ordenou a Noé a construção de um grande barco para salvar do dilúvio a sua família e os animais.

Cidade de Ur (3º milênio a.C.)

A cidade situada perto do rio Eufrates foi um centro importante na antiga Suméria.

Culturas megalíticas da Europa

As estruturas constituídas com enormes blocos de pedra há milhões de anos são os monumentos das culturas megalíticas.

Da Idade da Pedra à Idade do Ferro

Esta animação apresenta o desenvolvimento do machado através dos períodos arqueológicos.

Evolução humana

O cérebro e o crânio sofreram alterações significativas durante a evolução humana.

Gruta paleolítica

As primeiras moradias da história da Humanidade fornecem bastante informação sobre o estilo de vida dos nossos antepassados.

Homo erectus

O "homem ereto" usava ferramentas e sabia como acender fogueiras.

Os hunebedes

Estes dólmenes especiais ficam localizados na atual Holanda foram construídos há cerca de 5000 anos.

Povoado de uma só rua

Os povoados edificados em vales consistem normalmente de habitações construídas em longos e estreitas lotes.

As habitações no Antigo Egito

A moradia típica do Egito Antigo tinha divisões regularmente distribuídas.

Invenções da Mesopotâmia (3º milênio a.C.)

Estas invenções, revolucionárias até na sua simplicidade, são ainda hoje utilizadas.

Ötzi, o Homem de Gelo

O corpo mumificado do homem de gelo que viveu no período Calcolítico foi descoberto em um glaciar dos Alpes austríacos.

Zigurate de Ur (3º milênio a.C.)

Os zigurates eram típicas pirâmides com terraços, usadas como templos na Mesopotâmia antiga.

A cidade de Babilônia (século VI a.C.)

A antiga cidade de Babilônia foi construída nas margens do rio Eufrates, na Mesopotâmia.

Escavação arqueológica (casa subterrânea)

Os canteiros de obras das construções atuais muitas vezes revelam importante sítios arqueológicos.

Stonehenge (Grã-Bretanha, Idade do Bronze)

Datado da Idade do Bronze e situado na Inglaterra, este monumento mundialmente famoso contém ainda vários mistérios para os arqueólogos de hoje.

Added to your cart.