Birreme (antiga embarcação de guerra a remos)

Birreme (antiga embarcação de guerra a remos)

Um birreme é um antigo tipo de embarcação de guerra, utilizado por muitos exércitos, com uma característica proa pontiaguda e duas fileiras de remos.

Tecnologia

Palavras-chave

Birreme, antiga embarcação de guerra, barco, encouraçado, Antiguidade, navegação, proa pontiaguda, vela quadrada, fileira de remos, assentos dos remadores, remos, remos de direção, quilha, mastro, tecnologia, transporte

Itens relacionados

Quinquerreme (século III a.C.)

Este barco, com várias fileiras de remos, era o barco típico da Era Helenística.

Batalha de Salamina (480 a.C.)

A frota grega deve o seu sucesso às suas táticas e aos seus barcos rápidos e fáceis de manobrar.

Navio mercante grego

Os gregos antigos tornaram-se os "carreteiros do mar", graças aos seus avançados barcos à vela.

Veleiro do Antigo Egito

Os veleiros fluviais e marítimos do Antigo Egito contavam com um mastro e remos.

As províncias e cidades da Roma Antiga

Esta animação apresenta a história da Roma Antiga através dos séculos

Batalha das Termópilas (480 a.C)

Esta batalha entre Gregos e Persas tornou-se famosa pelo sacrifício heróico dos soldados espartanos.

Batalha de Maratona (490 a.C.)

A corrida da Maratona foi instituída em honra da corrida do soldado grego, após a batalha de Maratona, entre as armadas grega e persa.

Cerâmica da Grécia Antiga

As obras de arte de cerâmica da Grécia Antiga são importantes artefatos arqueológicos.

Dracar viking (século X)

Os vikings foram excelentes marinheiros e construtores navais, e fizeram grandes distâncias em mares e rios.

Falange militar da Grécia e da Macedônia

A falange foi uma formação militar de infantaria pesada da Grécia Antiga.

Guerreiro persa (século V a.C.)

Os arqueiros eram membros temidos do exército persa.

Hoplita grego (século V a.C.)

Soldado de infantaria pesada da Grécia Antiga.

Monarca persa (século V a.C.)

Os monarcas da antiga Pérsia eram famosos pela sua riqueza e pelo tamanho do seu império.

Navio de guerra inglês (século XVIII)

Nos séculos XVII, XVIII e XIX, os navios à vela ingleses estavam entre os melhores do mundo.

O Palácio de Diocleciano (Split, Croácia)

Por ordem do Imperador Romano Diocleciano, o palácio que era semelhante a uma fortaleza foi construído na costa, perto da sua cidade natal.

Petroleiro

Os petroleiros apareceram no fim do século XIX e hoje pertencem ao grupo dos navios de maior porte.

Ponte de barcas persa (século V a.C.)

Os reis Dario e Xerxes construíram pontes de barcas no Bósforo, para passagem do exército persa.

Soldado romano (século I a. C.)

Os mercenários do Império Romano eram muito bem treinados e equipados.

Tipos de colunas gregas antigas

As ordens de colunas dórica, jónica e coríntia são diferentes em tamanho e ornamentação.

Barco a vapor Kisfaludy (1846)

O primeiro barco a vapor na Hungria entrou em serviço em 1846.

Barco a vapor North River (Clermont) (1807)

O engenheiro americano Robert Fulton concebeu o primeiro barco funcional movido a vapor.

Cruzador Aurora (1900)

Este navio russo ficou famoso durante a Revolução de Outubro de 1917.

Santa Maria (Século XV)

A carraca de três mastros chamada Santa Maria foi a capitânia da viagem marcante de Cristóvão Colombo.

Veleiro árabe tradicional (Sambuk)

É tipo de veleiro árabe mais largo, utilizado usualmente como embarcação comercial no Golfo Pérsico.

Veleiros

Usadas principalmente como navios mercantes, as escunas começaram a ser construídas na Holanda, nos séculos XVI-XVII.

RMS Queen Mary 2 (2003)

O maior transatlântico do mundo na época de sua construção.

Titanic (1912)

O RMS Titanic foi o maior transatlântico do mundo no início do século XX.

USS Tarawa LHA-1 (1976)

A partir da década de 1940, os cada vez maiores porta-aviões se tornaram os senhores dos oceanos.

Added to your cart.