Batalha de Hastings (1606)

Batalha de Hastings (1606)

Esta batalha terminou com a vitória do exército normando de Guilherme, o Conquistador, sobre os anglo-saxões.

História

Palavras-chave

Batalha de Hastings, Hastings, Guilherme, o Conquistador, batalha, guerra, Haroldo II, exército anglo-saxão, exército normando, arqueiros, cavalaria, monte Senlac, Idade Média, infantaria, ataque, história

Itens relacionados

Cenas

Hastings

  • Exército inglês
  • Exército normando

Exército inglês

  • Harold II
  • parede de escudos Anglo-Saxon
  • huscarl inglês
  • infantaria inglesa
  • monte Senlac

Exército Normando

  • Arqueiros normandos
  • Infantaria normanda
  • Cavalaria normanda
  • William, o conquistador

Eventos da batalha

Narração

Fase 1 (14 de outubro de 1066, de manhã)

O rei anglo-saxônico Harold II assentou o seu exército próximo de Hastings, no monte Senlac. No cume virado para sul da colina, os seus soldados de infantaria e os de cavalaria desmontados formaram uma parede de escudos com cerca de 600 ou 800 metros de comprimento. A linha protegida pela sobreposição de escudos assemelhava-se a uma "fortaleza de batalha". O duque normando, William, o Conquistador, queria ser rei da Inglaterra, então colocou os soldados mais experientes e brutais no campo em frente ao monte.

Fase 2 (14 de outubro de 1066, antes do meio-dia)

A batalha começou com o lançamento de flexas por parte do exército de William aos ingleses. Usando os seus escudos, a força inglesa bloqueou o ataque e manteve a sua posição. Em seguida, arqueiros e soldados de infantaria normandos atacaram a infantaria inglesa, mas foram incapazes de fazer qualquer progresso. A infantaria normanda começou a desistir, visto que a batalha parecia sem esperança. As perdas inglesas eram mínimas.

Fase 3 (14 de outubro de 1066, antes do meio-dia e durante a tarde)

Em seguida, os ataques foram feitos pela cavalaria posicionada numa linha de frente, mas dividida em três grupos. No centro havia a cavalaria liderada por William, à esquerda os bretões e à direita os cavaleiros de Bolonha e Flandres. Embora a cavalaria de William tenha subido a colina com bravura, as novas ondas de ataque falharam. Ao contrário da maioria das batalhas da época, esta foi extremamente prolongada. Ambos os lados sofreram algumas perdas e as baixas foram reduzidas em ambos os lados.

Fase 4 (14 de outubro 1066, tarde e noite)

William levou a cabo uma das táticas mais comuns, mas difícil de realizar. Uma parte de sua cavalaria fingiu escapar. Os ingleses, no entanto, começaram a perseguir os normandos somente após o seu segundo retiro. Os normandos cercaram e atacaram quaisquer cavaleiros ingleses que não estavam em formação. Harold ordenou a seus soldados para travar os seus escudos em conjunto para formar um novo muro mas, desta vez, as setas normandas mostraram-se eficazes (o rei também foi ferido). A cavalaria de William derrotou a parede enfraquecida e um terrível massacre seguiu-se.

Itens relacionados

Batalha de Muhi (11 e 12 de Abril, 1241)

A derrota devastadora dos Húngaros nesta batalha contra os Mongóis foi o resultado de uma série de más decisões.

Batalha de Varna (1444)

O rei húngaro Vladislau I faleceu na batalha, perdida, contra os Otomanos.

Batalha de Zama (202 a.C.)

Nesta batalha na África, o exército romano de Cipião derrotou o exército púnico de Aníbal, durante a 2ª Guerra Púnica.

Torre de Londres (século XVI)

A intrigante história deste castelo histórico estende-se por cerca de mil anos.

Cavaleiro medieval

Cavaleiros medievais eram vassalos de senhores feudais e lutavam a cavalo nas batalhas.

Cerco de Belgrado (4 a 22 julho de 1456)

Esta foi a maior batalha na história das guerras entre Húngaros e Otomanos, no século XV. A sua memória foi preservada no toque diário dos sinos, ao...

Topografia histórica (batalhas, história universal)

Assinale num mapa vazio os locais de batalhas importantes da história universal.

Batalha de Jutlândia (1916)

Esta batalha naval, que opôs a Marinha britânica e alemã, foi a maior batalha marítima da 1ª Guerra Mundial.

Batalha de Lepanto (1571)

A frota otomana sofreu uma grande derrota frente à frota da Liga Santa.

Batalha de Trafalgar (1805)

A Esquadra Real Inglesa, comandada pelo almirante Lord Nelson, derrotou a frota da aliança franco-espanhola, durante as guerras napoleônicas.

Cavaleiros Templários (século XII)

Uma das ordens militares mais importantes, formada na altura das Cruzadas.

O soldadinho de chumbo

A personagem lendária de Hans Christian Andersen volta à vida num diorama.

Táticas de ataque húngaro (século IX e X)

Uma das táticas da cavalaria ligeira húngara consistia em fingir a retirada, levando os adversários a desmobilizar as suas fileiras, momento no qual os...

Added to your cart.