USS Ohio (EUA, 1979)

USS Ohio (EUA, 1979)

A Marinha americana foi a primeira a utilizar a propulsão nuclear como fonte de energia nos seus submarinos, em meados do século XX.

História

Palavras-chave

submarino, USS Ohio, nuclear, marinha, Trident, lançamento de foguete, míssil, abertura de saída dos mísseis, reator nuclear, átomo, reator, soldado, Guerra Fria, barco, periscópio, leme de imersão, torpedo, lastro, turbina, sonar, arma, torre

Extras relacionados

Cenas

USS Ohio

Lançamento de mísseis

  • hélice
  • leme
  • casco
  • abertura de saída dos mísseis
  • antena
  • periscópio
  • leme de imersão
  • torre
  • cone de proa
  • abertura de saída dos torpedos

Estrutura interior

  • tanque de lastro
  • eixo da hélice
  • motor disel
  • gerador
  • turbina
  • reator nuclear
  • tubos lança-mísseis
  • míssil Trident II
  • compartimentos da tripulação
  • navegação
  • sala de comando
  • saída
  • sala do sonar
  • sala do rádio
  • sonar
  • tubos dos torpedos
  • tanques de lastro

Míssil Trident II (D5)

  • primeiro fase
  • segundo fase
  • terceiro fase
  • ponta aerodinâmico
  • ogivas
  • eletrónica de controle
  • bocal

Animação

  • hélice
  • leme
  • casco
  • torre
  • abertura de saída dos torpedos
  • motor disel
  • gerador
  • turbina
  • reator nuclear
  • míssil Trident II
  • compartimentos da tripulação
  • navegação
  • sonar

Narração

Os submarinos são embarcações capazes de executar operações debaixo de água durante longos períodos de tempo. Apareceram em grande número a partir do início do século XX. Apesar de também terem sido usados em operações de investigação e salvamento, foram maioritariamente usados para fins militares.

Inicialmente, os submarinos eram propulsionados por motores a vapor. Os submarinos usados na Primeira Guerra Mundial eram já propulsionados por motores a petróleo quando na superfície, e motores elétricos quando submergidos. O uso de energia nuclear começou em 1954, com a marinha norte-americana. Existem três tipos básicos de submarinos nucleares: submarinos de mísseis balísticos, submarinos de mísseis de cruzeiro e submarinos de ataque. Existem, claro, muitos outros tipos especiais.

Os submarinos modernos têm a forma de um torpedo e um alcance virtualmente ilimitado. Apenas a torre, os lemes e a hélice se projetam do casco.

O USS Ohio, construído em 1981, é um submarino de mísseis balísticos. Tem 170 m de comprimento e 13 m de largura, com um deslocamento total de 18 700 toneladas. Este submarino enorme é propulsionado por um reator nuclear, que o pode acelerar até aos 50 km/h. O submarino é operado por uma tripulação de 155. O sonar e instrumentos de navegação estão localizados na parte frontal do casco. Os tubos dos torpedos estão posicionados na parte frontal inferior, enquanto os mísseis balísticos Tridente II, com ogivas nucleares, estão localizados no centro, perto dos aposentos da tripulação. O reator nuclear, turbina, gerador e motor a gasóleo estão posicionados na parte traseira.

Com o nome do 17º estado norte-americano e tendo passado o nome para toda uma classe de submarinos, esta magnífica embarcação deverá manter-se ao serviço da marinha dos EUA durante muitos anos.

Extras relacionados

Funcionamento do submarino

Os submarinos submergem e emergem por alteração da densidade média da fuselagem.

Submarino SM U-35 (Alemanha, 1912)

Os submarinos tiveram um importante papel em combates navais a partir da 1ª Guerra Mundial.

Aerodeslizador, mark III SR N4

Os aerodeslizadores podem viajar a alta velocidade à superfície da água.

AH-64 Apache (EUA, 1975)

O helicóptero de ataque Apache, que recebeu o nome da tribo indiana americana, foi concebido pelo exército dos Estados Unidos.

Como funciona o sonar?

Esta animação mostra como funciona um sonar.

Míssil balístico intercontinental RT-2PM Topol (União Soviética, 1985)

Um míssil móvel, com capacidade para uma ogiva nuclear, desenvolvido no fim da Guerra Fria.

Navio porta-contentores

As rotas comerciais marítimas de navios porta-contentores, que apareceram e se propagaram depois da 2ª Guerra Mundial, formam hoje uma rede global.

Petroleiro

Os petroleiros apareceram no fim do século XIX e hoje pertencem ao grupo dos navios de maior porte.

Submarino Ictineo II

O submarino desenhado pelo inventor espanhol Narcis Monturiol foi uma obra pioneira na história da navegação subaquática.

Torpedo árabe medieval (Hassan Al Rammah, século XIII)

O inventor medieval árabe Hassan Al Rammah concebeu o primeiro torpedo funcional do mundo.

Couraçado (HMS Dreadnought, 1906)

O Couraçado HMS Dreadnought revolucionou a forma de construir couraçados no século XX.

Titanic (1912)

O RMS Titanic foi o maior transatlântico do mundo no início do século XX.

USS Tarawa LHA-1 (1976)

A partir da década de 1940, os cada vez maiores porta-aviões tornaram-se senhores dos oceanos.

Added to your cart.