Rodas de água sírias (cidade de Hama, século XIII)

Rodas de água sírias (cidade de Hama, século XIII)

As rodas de água sírias medievais eram usadas para levar água a áreas distantes.

História

Palavras-chave

sírio, Hama, nora de água, dispositivo de elevação de água, abastecimento de água, Orontes, barragem, eclusa, pá, canal, rio

Extras relacionados

Cenas

Rodas de água

  • aqueduto - Eram construções de pedra com vários níveis, suportadas por arcadas. O seu ângulo de inclinação ideal, garantia que a água chegasse a regiões distantes.
  • roda de água - Utilizavam-se para elevar a água do rio, em direção aos canais do aqueduto.

Dirigindo a água

  • barragem - Era utilizada para elevar a água do rio, com o objetivo de regular a sua quantidade.
  • eclusa - Regulavam a quantidade de água que chegava às rodas.
  • eixo
  • canal - Era utilizado para conduzir a água até às rodas de água.
  • rio - As mais famosas rodas de água árabes situavam-se no rio Orontes, perto da cidade de Hama.

Elevando a água

  • lâmina - Quando a água do rio as alcançava, a roda entrava em movimento.
  • baldes - Ao girar a roda, a água entrava em partes que estavam situadas entre as lâminas. Foram desenhadas de forma a que a água não caísse durante a subida, mas sim apenas quando atingissem o seu ponto mais alto na roda. Aí sim, a água sairia através de uma abertura em direção a um canal do aqueduto.
  • canal
  • aqueduto

Animação

Narração

A ciência árabe medieval enriqueceu a cultura universal com várias engenhosas invenções. Os desenvolvimentos e inovações técnicas desta época ainda são contemplados com admiração.

Uma destas invenções foi a roda de água síria, conhecida como nória, com a qual era possível elevar a água de um rio até aos reservatórios ou canais de um aqueduto. As rodas de água mais magníficas foram as do rio Orontes, perto da cidade de Hama.

O nível de água ajustava-se de acordo com as barragens do rio. As eclusas eram usadas para direcionar a água até canais artificiais. Era assim que se controlava a quantidade de água que chegava às rodas.

Havia baldes de madeira presos ao exterior da roda. Quando a água do rio atingia as lâminas, a roda entrava em movimento, em torno do seu eixo horizontal. À medida que a roda girava, a água fluía para dentro dos baldes de madeira no rio. Os baldes foram desenhados de forma a que a água não saísse dos mesmos apesar do seu movimento e, apenas quando o balde atingia o seu ponto mais alto, é que a água saía em direcção ao aqueduto.

Os aquedutos eram suportados por arcadas a vários níveis. Foram desenhados com um grau de inclinação precisamente calculado, de forma a garantir a distribuição de água ao longo de grandes distâncias. Deste modo, as áreas desérticas podiam contar com água potável e para regar os campos.

Extras relacionados

Bomba de água árabe medieval (Al-Jazari, século XIII)

A engenhosa bomba de água concebida por Al-Jazari é um grande exemplo da criatividade dos engenheiros árabes medievais.

A conquista do território holandês ao mar (século XVII)

Os habitantes da região norte dos Países Baixos têm lutado com sucesso contra o mar, desde a Idade Média.

Agricultura no Vale do Nilo no Antigo Egíto

O Antigo Egito era chamado "a jóia do Nilo", pois o rio teve um importante papel no aparecimento da civilização egípcia.

Estrada e aqueduto romanos

A rede de estradas e aquedutos do Império Romano reflete bem o alto nível de desenvolvimento da civilização romana.

Fortaleza de Nizwa (Omã, século XVII)

A torre redonda da maior fortaleza da Península Arábica tinha um engenhoso sistema de defesa.

Funcionamento de eclusas fluviais

As eclusas fluviais tornam seguros para a navegação os rios com grandes diferenças de nível.

Parafuso de Arquimedes (século III a.C.)

Esta bomba de parafuso, geralmente atribuída a Arquimedes, tornou a irrigação de terras muito mais eficiente.

Torpedo árabe medieval (Hassan Al Rammah, século XIII)

O inventor medieval árabe Hassan Al Rammah concebeu o primeiro torpedo funcional do mundo.

Califa árabe (século VII)

Os califas, considerados sucessores do profeta Maomé, eram os líderes religiosos mais importantes do Islão.

Added to your cart.