Governante asteca (século XV)

Governante asteca (século XV)

O Império Asteca foi um estado militarista e despótico.

História

Palavras-chave

asteca, governante asteca, Império Asteca, Tenochtitlan, Moctezuma II, conquista, estado militar, conquistador, Hernán Cortés, monarca, México, rei, Cidade do México, insígnia real, Espanha, América Central, trono, século XV e XVI, deuses, religião, Idade Média, Idade Moderna, roupas, hierarquia

Extras relacionados

Perguntas

  • Em que atual país ficava localizado o Império Asteca?
  • Que cidade atual se situa no lugar da antiga capital asteca?
  • Que usavam os Astecas para jogar ao seu jogo popular?
  • Que acontecia ao capitão da equipa que perdia um jogo de ulama?
  • Num jogo de ulama, como se marcavam os pontos?
  • Como se chamava a capital asteca?
  • Qual era o mais importante veículo de transporte em Tenochtitlan?
  • Que pensaram os Astecas sobre os conquistadores espanhóis quando os vieram pela primeira vez?
  • Qual foi a maior desvantagem militar dos Astecas contra os conquistadores?
  • Que planta os Astecas não cultivavam?
  • Quando foi a época de ouro do Império Asteca?
  • É verdade que o sacrifício humano tinha um papel especial na religião asteca?
  • É verdade que o Império Asteca estava em paz com os seus vizinhos até a chegada dos conquistadores?
  • Quem eram os conquistadores?
  • Qual era o principal objetivo dos conquistadores?
  • Quem derrotou o Império Asteca?
  • Que governante asteca lutou contra os conquistadores aspanhóis?
  • Qual o nome do principal deus da religião asteca?
  • Em que continente se encontrava o Império Asteca?
  • Que país conquistou o Império Asteca?
  • Quando foi conquistado o Império Asteca pelos europeus?
  • Que título tinham os governantes astecas?
  • Quem foi o último governante asteca de relevo?
  • É verdade que, a dada altura, o Império Asteca se estendia de um oceano ao outro?
  • É verdade que até o governante asteca pensou que Cortés era um semideus?
  • Que fator não contribuiu para o sucesso dos conquistadores?
  • É verdade que os espanhóis destruíram a antiga capital asteca para construir outra no mesmo lugar?
  • É verdade que o último governante asteca foi morto pelo seu próprio povo, por ser considerado um traidor?
  • É verdade que a religião asteca era monoteísta?
  • Os Astecas adoravam certos animais. Qual destes NÃO era adorado?
  • Que classe social NÃO existia na sociedade asteca?
  • Quantos estados pequenos tinham sido conquistados pelos Astecas por altura do século XV-XVI?
  • Como se chamavam os Astecas a si mesmos?
  • É verdade que os Astecas tomavam banho em média duas vezes por dia?
  • Qual destas afirmações não é verdadeira relativamente ao Império Asteca?

Cenas

Governante asteca

O império asteca começou como uma aliança entre cidades-estado, mas devido a constantes conquistas e expansões territoriais, converteu-se num império. Esta confederação militar de carácter hegemónico era encabeçada pelo Huey Tlatoano, ou seja, o governador do império asteca. O governante tinha papel duplo: além de ser o chefe do império, era líder religioso também. Segundo as crenças aztecas foi o representante dos deuses e governava por lei divina; os plebeus nem podiam olhar para ele.

Governadores aztecas vestiam um cocar típico feito de penas longas e coloridas de um pássaro chamado quetzal.

Tenochtitlán foi a capital do império asteca, ocupando as regiões centrais e meridionais no atual México. O primeiro governante de Tenochtitlán foi Acamapichtli, subindo ao trono em 1376. O império alcançou a sua extensão máxima durante o reinado de Ahuízotl, em finais do século XV e princípios do século XVI. A idade de ouro continuou com o seu sucessor, Moctezuma II, até à chegada de Hernán Cortés, quando o império foi destruído. O último governador do império asteca foi Cuauhtémoc, o filho de Ahuízotl.

Império Asteca

  • Tenochtitlán
  • Oceano Pacífico
  • Golfo do México

Os Aztecas estabeleceram-se no planalto Mokkatan depois de ter vencido os Toltecas. O território da cidade-estado militar tornava-se maior como resultado das campanhas militares bem-sucedidas. Em 1428, três cidades-estados (Tenochtitlan, Texcoco e Tlacopan) decidiram a aliar-se, assim fundando o Império Azteca. O império alcançou a sua extensão máxima no século XVI, cobrindo a área entre o Océano Atlantico e o Pacífico.

Tenochtitlán foi a capital do império asteca, ocupando as regiões centrais e meridionais no atual México. A cidade foi fundada na primeira metade do século XIV, numa das ilhas do Lago Texcoco, no vale do México. Tenochtitlán tornou-se uma cidade totalmente desenvolvida no início do século XV. A maior parte dos edifícios daquela época eram construídos em pedra. Paralelamente ao crescimento da cidade, uma parte do lago foi drenada, tendo sido aumentado o tamanho original da ilha. As ilhas de lama artificiais e a rede de canais conferiram à capital asteca um aspeto único.

A sociedade azteca foi constuída de quatro camadas. A classe superior era a dos guerreiros, encabeçada pelo governante. Debaixo deste ficava a classe dos sacerdotes a que era importante por causa da religião. A próxima classe foi a da plebe, o que consistia de agricultores, comerciantes e artesões. A classe inferior da sociedade azteca baseava-se nos escravos, dos territórios conquistados.

Um dos mais signicativos componentes da cultura azteca era a sua religião politeísta. Cada uma das deidades era ligado a um fenómeno natural e a uma atividade. Por exemplo, Huitzilopochtli foi o deus do Sol e da guerra, e o deus protetor de Tenochtitlan. Tlaloc foi o deus das chuvas e o senhor do relâmpago, enquanto Quetzalcoatl foi o deus do vento, do ar e do aprendizagem. O último era representado muitas vezes como um serpente de penas. Rituais de sangue, sacrifícios de humanos tinham um papel essencial na sua religião.

A língua oficial do Império Azteca foi o nauatle e usaram um sistema de escrita pictográfico. Elaboraram um calendário bem detalhado também e alcançaram resultados importantes nas áreas de medicina, arquitetura, astronomia e matemática. Infelizmente, a maioria dos registos escritos acabou sendo destruído pelos Espanhóis.

Vice-Reino da Nova Espanha

  • Tenochtitlán
  • Oceano Pacífico
  • Golfo do México
  • Mar das Caraíbas
  • Caminho de Cortés

Em finais do século XV, a Espanha rivalizou com Portugal em relação às descobertas de novos territórios. Os dois países usavam métodos diferentes para fazer cumprir os seus interesses comerciais: enquanto os portugueses aplicavam medidas relativamente pacíficas, os espanhóis recorriam à violência. As guerras sangrentas levaram ao estabelecimento do Vice-Reino da Nova Espanha no continente americano, que se tornou numa entidade territorial integral do Império Espanhol. Mais tarde, o império colonizou regiões em outros continentes também.

Os exploradores, aliás os conquistadores, participaram na colonização do continente américano no século XVI e XII. Os Espanhóis chegaram no território do atual México em 1519. Sob o governo do conquistador Hernán Cortés, conquistaram Tenoctitlan em 1521. Os magníficos edifícios astecas foram destruídos e, no final do século XVIII, o lago Texcoco foi completamente drenado e enchido. Hoje, onde antes existiu Tenochtitlán, encontra-se a Cidade do México, fundada pelos espanhóis, uma das maiores cidades do mundo.

Tenochtitlán

Extras relacionados

Guerreiros astecas (século XV)

De aspeto temível, os guerreiros astecas não conseguiram deter os conquistadores espanhóis com as suas armas primitivas.

Tenochtitlán (século XV)

A magnificiência do Império Asteca surpreendeu até os conquistadores espanhóis.

Conquistador (século XVI)

Os conquistadores espanhóis deviam o seu sucesso à armadura e às armas de fogo.

Impérios modernos

Vários impérios lendários foram construídos (e destruídos) ao longo da história.

Colonização europeia das Américas (até 1763)

Vários países europeus embarcaram na conquista do Novo Mundo, tornando a América um continente colorido.

Teotihuacan (século IV)

Esta cidade, majestosa mesmo nas suas ruínas, foi a maior e mais populosa povoação da América pré-colombiana.

Chichén Itzá (século XII)

A lendária cidade do império maia-tolteca ficava situada no território do atual México.

Guerreiro inca (século XV)

As armas rudimentares dos Incas mostraram-se inadequadas na sua luta contra os conquistadores espanhóis.

Machu Picchu (século XV)

Situada no atual Peru, a antiga cidade inca é Património Mundial.

A Alambra no século XVI (Espanha)

O nome deste magnífico complexo palaciano origina-se do árabe e significa "o vermelho".

Axolote

O axolote, também conhecido como salamandra mexicana, é um anfíbio que conserva as suas guelras durante toda a vida.

Monarca persa (século V a.C.)

Os monarcas persas antigos eram famosos pela sua riqueza e pelo tamanho do seu império.

Added to your cart.